Cuidado! Veja os 9 malefícios do mel de abelha

Mel é amplamente conhecido por seus benefícios para a saúde e propriedades medicinais. Também é considerado como um alimento básico em todo o mundo. Mas esta substância surpreendente tem alguns efeitos colaterais. Conheça o que no mel faz mal à saúde.


Mel faz mal a saúde? Em alguns casos, pode causar Intoxicação alimentar
É principalmente o resultado do consumo de mel cru. Se você consumir o mel não pasteurizado, as chances são altas que você se tornará vulnerável a intoxicação alimentar. Como não é aquecido nem processado, pode conter partículas estranhas, como o pólen, pedaços minúsculos de asas de abelha, própolis, pedaços de favo de mel. Estes eventualmente podem desencadear uma desordem do sistema digestivo da pessoa.

Mel pode causar botulismo
Quando consumido por crianças com idade inferior a 12 meses, pode levar a grave condição médica chamada de botulismo. Este é basicamente um envenenamento causado pelo veneno da abelha, e seu bebê pode experimentar tais sintomas. Alguns dos sintomas são febre, náuseas, vômitos, fraqueza, letargia, constipação, irritabilidade, diarreia, cólicas, perda de apetite, parada respiratória, paralisia muscular, entre outros.

Mel e desconforto abdominal
O consumo excessivo de mel pode causar desconforto abdominal grave. Sendo rico em frutose, pode interromper a capacidade de absorção de nutrientes do seu intestino delgado. Ele também pode impor efeitos a longo prazo sobre o seu sistema gastrointestinal e causar vários problemas gástricos, tais como inchaço, gases, cólicas, etc. Às vezes, também leva a condições agudas como diarreia ou até torção gástrica.

Alergia ao mel
Ingestão de mel cru também pode dar uma alergia leve a moderada. É o néctar não processado de flores que podem conter pólen, pesticidas, inseticidas e muitos outros produtos químicos. Seu consumo direto pode levar ao desenvolvimento de sintomas alérgicos como inchaço, coceira, inflamação, erupções cutâneas, urticária, inchaço, tosse, asma, sibilos, irritações, problemas respiratórios, dificuldade em engolir e assim por diante. Também pode resultar no choque anafilático, para o qual é necessário o tratamento imediato para evitar o risco de morte.


Açúcar elevado no sangue
Se você quiser manter seu nível de açúcar no sangue sob controle, é necessário limitar o seu consumo diário de mel. Ele não só é rico em sacarose, como também contém uma grande quantidade de glicose, o que aumenta o nível no sangue, criando condições para a diabetes.

Mel baixa a pressão arterial
Mel pode baixar o nível de pressão arterial significativamente, o que às vezes pode vir a ser ruim para a sua saúde. É constituída por oligossacarídeos que, sendo um certo tipo de carboidrato com propriedades antioxidantes, pode reduzir níveis elevados de pressão arterial em grande medida. Às vezes, o nível de pressão arterial até mesmo desce ao nível normal, desencadeando uma série de problemas de saúde.

Danos nervosos causados pelo mel
O mel cru consiste em um grupo de compostos químicos que são venenosos a nosso sistema nervoso. Em geral, estas toxinas são eliminadas do alimento durante a sua pasteurização. Mas, quando o mel cru é consumido, elas entram em ação e danificam nossas células nervosas. Como resultado, ela interrompe as atividades normais do nosso sistema nervoso.

Mel de abelha engorda
A obesidade é algo que pode arruinar a sua saúde geral, e o mel pode ser um dos culpados. Como ele contém calorias em grande quantidade, contribui fortemente para o seu peso corporal. Além disso, ele contém carboidratos simples no lugar de carboidratos complexos, que quebram facilmente no corpo assim que são consumidos. Como resultado, a energia é empilhada como gordura corporal e você acaba ganhando excesso de peso.

Cáries nos dentes
Segundo os pesquisadores, o mel é composto por 82% de açúcar (açúcares naturais: glicose e frutose). Isso significa que 1 colher de sopa de mel pode nos dar quase 17 gramas de açúcar. Consumi-lo todos os dias em grandes quantidades pode estimular atividades bacterianas dentro de nossas bocas. Seu consumo pode contribuir consideravelmente para a cárie. Se você quer manter a saúde de seus dentes e prevenir as cáries, tente manter sua ingestão de mel sob controle.

Antes de consumir o mel, caso nunca tenha usado, converse com um nutricionista. E utilize mel pasteurizado, não o mel cru.